Como a maior parte dos sites da web, utilizamos cookies para maior eficácia da sua experiência de navegação no nosso site e para lhe oferecer uma navegação mais pertinente. Poderá saber mais sobre a nossa gestão e a nossa política de cookies na nossa página relativa cookies. Eu aceito

Inscrição
Conectar-se
O meu carrinho

Informação covid-19 :

VOLKSWAGEN

AUDI

SEAT

SKODA

PORSCHE

BMW

MINI

MERCEDES-BENZ

MAZDA

CITROEN

OS CLÁSSICOS

PRODUTOS ÚTEIS

filter

Filtrar os resultados

Perto

filter picto

Filtrar os resultados

Resultados para :

Menu categorias

Os nossos conselhos sobre Óleos de motor de carro

A viscosidade do óleo :

 

A viscosidade é um valor que mede o fluxo de um fluido.

Uma forta viscosidade indica um fluido espesso e inversamente, uma baixa viscosidade significa que o fluido é líquido

A noção de viscosidade esta definido com os óleos motor com a SAE (Society of Automotive Engineers).

 

- Óleo monógrados :

 

A viscosidade do óleo motor monógrado é definida por um único grau.

Este grado pode assumir três valores : SAE30, SAE40 ou SAE50.
Mais o valor (30,40,50) esta alta, o óleo es mas espesso a uma temperatura de referência de 100 ° C. Os óleos monógrados são usados principalmente em motores antigos antes de 1960, não são detergentes e requerem trocas de óleo mais próximas.

 

- Óleo multigraduado :

 

A viscosidade do óleo motor multigraduado que se disse Multi-temporada é definida por 2 graus:
- O grau frió é indicado a frente do W (15W..)
- O grau quente é indicado atrás do W (..W50)

 

O primeiro grau ou índice de viscosidade (0W, 5W, 10W, 15W) indica a viscosidade friá do óleo.

O segundo grau ou índice de viscosidade (W20, W30, W40, W50, W60) indica a viscosidade quente do óleo.


Mais o valor esta alta mais espesso es o óleo, isso ajuda a proteger e guardar a estanquidade  do motor.

Mais o valor esta menos mais os fricçãos será limitado o que ajuda a economizar combustível

Frio, é importante que o óleo esteja muito fluido para permitir a lubrificação do motor e protegê-lo. É muito importante para os motores Turbo.

Quente, o óleo deve ser espesso para resistir às pressões dos elementos móveis (Bielas, cambota, bombas de óleo

Com a evolução tecnológica dos motores de combustão interna, os óleos evoluíram consideravelmente para atender a novos requisitos.

Com o tempo, as folgas operacionais diminuíram, o espaçamento entre as mudanças de óleo e as tensões térmicas aumentou.

Os óleos « modernos » receberam aditivos antioxidantes e hiper-lubrificantes para combater os efeitos do encapsulamento e redução do tamanho.

O óleo que é muito líquido quando é frio é usado em um motor de velha geração cansado pode causar vazamentos quando està parado.

Cada motor tem suas particularidades. O óleo recomendado pelo fabricante do seu veículo deve ser usado.