Como a maior parte dos sites da web, utilizamos cookies para maior eficácia da sua experiência de navegação no nosso site e para lhe oferecer uma navegação mais pertinente. Poderá saber mais sobre a nossa gestão e a nossa política de cookies na nossa página relativa cookies. Eu aceito

Inscrição
Conectar-se
O meu carrinho

Informação covid-19 :

VOLKSWAGEN

AUDI

SEAT

SKODA

PORSCHE

BMW

MINI

MERCEDES-BENZ

MAZDA

CITROEN

OS CLÁSSICOS

PRODUTOS ÚTEIS

filter

Filtrar os resultados

Perto

filter picto

Filtrar os resultados

Resultados para :

Menu categorias

Peças para Audi 100

O Audi 100, cujo nome foi inspirado na força do seu motor (cerca de 100cv), é comercializado entre 1969 e 1994. Durante estes 25 anos de comercialização, vieram à luz 4 versões : a C1, entre 1969 e 1976, a C2 entre 1976 e 1982, a C3 entre 1982 e 1991 e por fim o Audi 100 C4, entre 1990 e 1994. O Audi 100 C1 apareceu em 1969 na versão berline e está equipado com 3 motores 1.8l de 80, 90 e 100cv. Foi apresentada no ano seguinte, uma versão Coupé e ainda um novo 4 cilindros 1.9l de 115cv e depois 112cv, que também equipa a versão GL do berline. Em 1976, o Audi 100 C2 fez a sua aparição e a Audi anuncia a sua ambição de concorrer com os Mercedes-Benz W123 e BMW Série 5 E12. Em 1977, sairam duas novas carroçarias, uma versão 'Avant': equipada com um porta traseira e uma versão 2 portas, com o nome de 'Coach' e não de Coupé. Da mesma forma entra igualmente em catálogo um novo motor 5 cilindros de 115cv. Em 1979, o Audi 100 sofreu um ligeiro facelift, que se fez notar nos faróis e no habitáculo. Em 1981 foi anunciada uma versão CS que se destacou pela sua dianteira, as suas jantes de liga e a sua caixa de 5 velocidades, supostamente mais económica. A 3ª versão do Audi 100 foi apresentada em outubro de 1982, no salão automóvel de Frankfurt. Ele marca uma viragem na história do modelo, devido ao seu design mais aerodinâmico, ao seu aumento na gama e à introdução do Quattro. Este Audi 100 C3 está disponível em cinco motorizações, 3 a gasolina indo de 75cv a 136cv e dois a Diesel de 70cv e 87cv. A versão Avant (Break) faz a sua entrada oficial em 1983. Em 1988, o Audi 100 C3 sofreu uma cura de rejuvenescimento, e no ano seguinte foi apresentado pela primeira vez uma série especial sport. Esta série super equipada adota a transmissão integral Quattro em conjunto com os motores 2.2l turbo, 2.3l e 2.5l TDi. O Audi 100 o último do nome sai em 1990, enquanto o seu antecessor continua no mercado. Tecnicamente mais evoluido e mais potente(V6 de 174cv), a versão desportiva continua em catálogo, equipada desta vez com o 2.2l atingindo os 230cv. Foi redesenhado em 1995, e aproveita para mudar de nome, ficando com a denominação de A6, que conhecemos ainda hoje. A sua carreira termina 2 anos mais tarde.